Notícias

Artigos

1 de fevereiro de 2010

Artigo 198 da LPI: Apreensão, pelas autoridades alfandegárias, de produtos falsificados sem ordem judicial

1. Hipótese em que se discute a possibilidade de apreensão de pilhas alcalinas da marca Powercell, que imitam produtos da marca Duracell. A imitação foi apurada por perícia e é incontroversa (reconhecida pela empresa). A mercadoria, originária da China e destinada ao Paraguai, encontrava-se em trânsito pelo território brasileiro, em entreposto aduaneiro.
 
2. O tribunal de origem afastou a possibilidade de apreensão, pois seria necessária a existência de inquérito penal ou ação do interessado.
 
3. Ocorre que o artigo 198 da Lei n° 9.279?1996 é expresso ao admitir a apreensão de ofício, ou seja, realizada pela própria autoridade aduaneira, sem qualquer pedido ou ordem judicial.
 
4. A autoridade brasileira é soberana na aplicação da lei em seu território (princípio da territorialidade), ainda que com relação a produtos em trânsito, destinados a terceiro país.
 
5. Agravo regimental provido.
Voltar

Últimas notícias relacionadas

6 de junho de 2024

Kasznar Leonardos publica artigo sobre o ajuste da vigência dos prazos de patentes no Brasil

Temos o prazer de anunciar que o nosso sócio Gabriel Leonardos e o advogado Jorge Tinoco escreveram o artigo “Ajuste da vigência Kasznar Leonardos publica artigo sobre o ajuste da vigência dos prazos de patentes no Brasil

Ler notícia

14 de maio de 2024

Sócia Flávia Tremura participa de guia do MARQUES para eventos esportivos de 2024

Nossa sócia Flávia T. Polli Rodrigues foi uma das autoras do guia “Ambush Marketing and Advertising Risks for Brands: Best Practices in the Lead Sócia Flávia Tremura participa de guia do MARQUES para eventos esportivos de 2024

Ler notícia

2 de maio de 2024

Advogado do Kasznar Leonardos participa de livro sobre Propriedade Intelectual e Inteligência Artificial

O nosso advogado Victor Lima participou como coautor de um artigo publicado no recente livro “Propriedade Intelectual e Inteligência Artificial” pela Editora Advogado do Kasznar Leonardos participa de livro sobre Propriedade Intelectual e Inteligência Artificial

Ler notícia
plugins premium WordPress