Notícias

Artigos

27 de abril de 2021

É de bom tom? A análise das ‘CoronaMarcas’ e a posição atual do INPI

Até março de 2021, mais de 100 pedidos de registro para marcas contendo os radicais “CORONA” (relacionados ao vírus) ou “COVID” foram protocolados no Brasil perante o INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Cenário semelhante foi observado no exterior. É relevante notar que, dentre os pedidos brasileiros, mais de 50% foram submetidos a partir do segundo semestre de 2020, quando a pandemia já era uma realidade consolidada.
 
Embora não tenha impedido novas contaminações ou a continuidade desse fenômeno relacionado às marcas, a passagem do tempo foi capaz de alterar um fato crucial em relação ao estudo realizado anteriormente: o entendimento concreto do INPI.
 
Para ler o artigo na íntegra, acesse o site.
Voltar

Últimas notícias relacionadas

15 de agosto de 2022

CPI da Pirataria combate comercialização de produtos ilegais

O comércio de produtos ilegais (piratas e contrabandeados) é uma das principais fontes de arrecadação do crime organizado no país. Além de CPI da Pirataria combate comercialização de produtos ilegais

Ler notícia

15 de agosto de 2022

Responsabilidade civil do empregador decorrente do uso indevido de software

Nosso sócio Rafael Lacaz Amaral e os colaboradores Victor André dos Santos e e Rodrigo da Rosa trataram, em artigo publicado no Responsabilidade civil do empregador decorrente do uso indevido de software

Ler notícia

15 de agosto de 2022

Pirataria no Metaverso: violação de direito autoral e de dados pessoais

Nossos advogados Francisco Martini e Fernanda Polloto avaliaram, em artigo publicado no Migalhas, os efeitos da quarta fase da Operação 404, deflagrada Pirataria no Metaverso: violação de direito autoral e de dados pessoais

Ler notícia