Notícias

Na Mídia

27 de maio de 2019

  • Kasznar Leonardos

Juízes ordenam quebra coletiva de sigilo de dados com base em localização

A madrugada do dia 5 de julho de 2016 foi de pânico no bairro de Campo Eliseos, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Às 4h, uma quadrilha com cerca de 40 ladrões armados invadiu a empresa de segurança e transporte de valores Prosegur. Os moradores acordaram com as explosões das paredes do local. Os criminosos estouraram os transformadores de energia, deixaram o bairro sem luz e conseguiram acesso ao cofre do estabelecimento. A polícia chegou logo depois e trocou tiros com os assaltantes por pelo menos 40 minutos.
Nosso advogado Pedro Vilhena falou sobre proteção de dados, abordando a quebra de sigilo de dados pessoais em investigações criminais como a do caso acima. Confira a reportagem especial completa no site do JOTA.
Voltar

Últimas notícias relacionadas

26 de abril de 2022

Isis Moretti discute herança musical em entrevista ao g1

Nossa sócia Ísis Moretti concedeu entrevista exclusiva ao portal g1 Música, Pop & Arte, abordando as principais questões legais relacionadas à herança musical, além das regras Isis Moretti discute herança musical em entrevista ao g1

Ler notícia

21 de fevereiro de 2022

Fernanda Magalhães discute os desafios do Metaverso no podcast The Shift

Nossa sócia Fernanda Magalhães participou, no último dia 18.01, do podcast The Shift, produzido pelo portal B9. Abordando os desafios e complexidade Fernanda Magalhães discute os desafios do Metaverso no podcast The Shift

Ler notícia

11 de janeiro de 2022

O uso de nomes de terceiros para fins não comerciais

Em entrevista ao Domingo Espetacular, exibido pela Record TV no último dia 09 de janeiro, nosso advogado Rafael Pinho abordou recente disputa O uso de nomes de terceiros para fins não comerciais

Ler notícia