Notícias

Por ...

17 de março de 2021

Pirataria à mesa

A indústria de jogos analógicos, comumente chamados de jogos de tabuleiro (board games), tem apresentado um crescimento substancial mesmo diante de todo avanço tecnológico experimentado no setor de entretenimento nesta última década.
 
Em pesquisa realizada em 2019 pela PGB (Pesquisa Game Brasil)1 o número de consumidores brasileiros que adquirem jogos analógicos é significante: 28% dos entrevistados afirmam que compram e jogam jogos de tabuleiros modernos. Não por menos, o número de jogos lançados ou desenvolvidos no mesmo ano alcançou 421 novos títulos, demonstrando a relevância do segmento no setor de entretenimento.
 
Para ler o artigo na íntegra, acesse o site.
Voltar

Últimas notícias por ...

11 de janeiro de 2022

O uso de nomes de terceiros para fins não comerciais

Em entrevista ao Domingo Espetacular, exibido pela Record TV no último dia 09 de janeiro, nosso advogado Rafael Pinho abordou recente disputa O uso de nomes de terceiros para fins não comerciais

Ler notícia

22 de novembro de 2021

O touro indomável da Bolsa e os direitos autorais

Sim, o título deste pequeno texto é inspirado no nome em português da magistral obra audiovisual dirigida por Martin Scorsese, exibida nos O touro indomável da Bolsa e os direitos autorais

Ler notícia

19 de maio de 2021

Game changer: Sobre videogames, contrafação e governança digital

O advogado Rafael Pinho comentou, em artigo publicado no Migalhas, sobre as estratégias da indústria de jogos no combate à pirataria.

Ler notícia