Notícias

Newsletter

DSA e DMA: regulações irmãs que trazem impactos ao futuro digital e inspirações ao Brasil

Com provável aprovação do Projeto de Lei das Fake News e outros em andamento, convém olhar o que está ocorrendo em outros lugares. É possível que você já tenha visto as siglas “DSA” e “DMA” recentemente. A União Europeia vem trabalhando em implementar sua “década digital” até 2030, o que inclui novas regulamentações. Nesse sentido, foram aprovados dois importantes marcos legais: o Regulamento de Mercados Digitais (“Digital Markets Act” – DMA) e o Regulamento de Serviços Digitais (“Digital Services Act” – DSA).

Considerando que nos próximos meses, teremos os prazos para a aplicação das obrigações impostas, procuramos explicar quais são as regras e como elas afetam o mercado brasileiro. Estas duas normas, denominadas como “sister regulations” (regulações irmãs), formam um conjunto único com diversas particularidades:


Estas regulamentações trazem obrigações e proibições que devem ser observadas:

De forma semelhante às regras relativas a Dados Pessoais (GDPR na União Europeia e seu equivalente local, a LGPD), o descumprimento das obrigações acima pode resultar em multas de até 10% do faturamento anual da empresa ou até 20% no caso de infrações reiteradas.

E os gatekeepers, os “guardiões dos portões”? Estes possuem destaque no DMA e vêm se adequando durante os últimos anos para cumprimento da regulação europeia.

As regras também possuem linhas do tempo próprias, com desdobramentos finais nos próximos meses:

Dito isso, como o DMA e DSA impactam negócios e empresas no Brasil?

Em um primeiro olhar, nos parece claro que as regulações visam ordenar a atividade de grandes empresas de tecnologia. Ao se adequarem para o cumprimento do “pacote de serviços digitais” (DMA + DSA) na União Europeia, tais mudanças estarão quase que automaticamente aplicadas em sua atuação global, refletindo também a prestação de serviços em território brasileiro.

Isso pode significar maior transparência e disponibilidade de informações para usuários, mas também para empresas que se utilizam de serviços oferecidos pelos gatekeepers, VLOPs e VLOSEs.

Atualmente, não há uma regulação semelhante sendo discutida no Brasil. O Projeto de Lei nº 2630/2020 (“PL das Fake News”) talvez seja o que mais se aproxime da inovação legislativa europeia de organizar o discurso em terreno digital mediante pacote específico de leis. Além disso, o legislativo brasileiro vem discutindo o Projeto de Lei nº 2338/2023 sobre Inteligência Artificial e regulamentações existentes auxiliam a regular atos online: Marco Civil da Internet, Lei Geral de Proteção de Dados, Lei Antitruste, Código Civil e Constituição Federal, por exemplo.

Nossa equipe de direito digital está acompanhando todos os andamentos sobre esse assunto, bem como seus impactos no Brasil e no mundo. Caso deseje receber mais informações sobre o tema, estamos à disposição através do e-mail digital@kasznarleonardos.com.

Voltar

Últimas notícias relacionadas

11 de abril de 2024

Ministério da Fazenda define agenda regulatória para o mercado de apostas

Em mais um passo em direção a concretização e sedimentação das regulamentações previstas pela Nova Lei de Apostas (Lei 14.790/2023), o Ministério Ministério da Fazenda define agenda regulatória para o mercado de apostas

Ler notícia

21 de março de 2024

Regulamentação da Inteligência Artificial é aprovada pelo Parlamento Europeu

Na quarta-feira (13/03/2024), foi aprovada a lei europeia que visa regulamentar a Inteligência Artificial, conhecida como “AI Act”. A União Europeia categoriza essa etapa Regulamentação da Inteligência Artificial é aprovada pelo Parlamento Europeu

Ler notícia

27 de fevereiro de 2024

Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) permite emendas em pedidos de patente durante fase de recurso, seguindo novos critérios

Como anunciado por nosso escritório em nossa Newsletter No. 67 de 15 de dezembro de 2023, um posicionamento da Procuradoria Federal do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) permite emendas em pedidos de patente durante fase de recurso, seguindo novos critérios

Ler notícia
plugins premium WordPress