Notícias

Na Mídia

8 de fevereiro de 2021

Não adianta quebrar patente de vacina da Covid se países são incapazes de produzi-las

Na medida em que avança no mundo, a vacinação contra a Covid-19 se tornou a maior esperança dos países para vencer a pandemia. A imunização em massa vai viabilizar a retomada econômica nos cinco continentes. É neste contexto que um grupo de países em desenvolvimento, liderados pela Índia e a África do Sul, briga na Organização Mundial do Comércio (OMC) para conseguir quebrar as patentes das vacinas já disponíveis – quase todas desenvolvidas por países ricos.
 
Nesse embate, segundo a imprensa brasileira, o governo do Brasil optou por se opor à proposta, o que representou uma virada na postura histórica da diplomacia do país. Brasília costumava liderar iniciativas como essa para viabilizar mais medicamentos genéricos para os países pobres. Desta vez, porém os brasileiros primeiro se colocaram ao lado dos países desenvolvidos e, nas últimas reuniões sobre o tema, preferiram o silêncio – evitando, assim, novos constragimentos com a Índia, de onde vêm os insumos importados para a produção das vacinas no Brasil.
 
Para ler a matéria na íntegra, acesse o link.
Voltar

Últimas notícias relacionadas

26 de abril de 2022

Isis Moretti discute herança musical em entrevista ao g1

Nossa sócia Ísis Moretti concedeu entrevista exclusiva ao portal g1 Música, Pop & Arte, abordando as principais questões legais relacionadas à herança musical, além das regras Isis Moretti discute herança musical em entrevista ao g1

Ler notícia

21 de fevereiro de 2022

Fernanda Magalhães discute os desafios do Metaverso no podcast The Shift

Nossa sócia Fernanda Magalhães participou, no último dia 18.01, do podcast The Shift, produzido pelo portal B9. Abordando os desafios e complexidade Fernanda Magalhães discute os desafios do Metaverso no podcast The Shift

Ler notícia

11 de janeiro de 2022

O uso de nomes de terceiros para fins não comerciais

Em entrevista ao Domingo Espetacular, exibido pela Record TV no último dia 09 de janeiro, nosso advogado Rafael Pinho abordou recente disputa O uso de nomes de terceiros para fins não comerciais

Ler notícia